Abaco CBA e Faculdade São Judas Tadeu
    Home Área do Aluno    

        abacocba aluno
Receba nossa newsletter

        Abaco CBA newsletter
         Fale Conosco
             Ouvidoria
Facebook Colégio Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa
 
  Unidades Calendário dos Cursos Especialização • Formação Especialista Formação Profissional • Habilitação Técnica Extensão  
   
 
  ABACO • Sohaku-in  
  Notícias & Vídeos
  Eventos
  Convênios
  Artigos
  Revista
  Links

 
  Centro de Treinamento  
  Estudos Avançados



Eventos


Representantes de Intituições Brasileiras de Acupuntura apoiam o 2º Fórum Internacional do BRICS China-Brasil de Medicina Chinesa.

Várias entidades de Acupuntura do Brasil participaram do 2º Fórum China-Brasil para o desenvolvimento, Intercâmbio e Comércio entre os dois países na área de Acupuntura e Medicina Chinesa, que ocorreu no dia 29 de abril de 2013, no Auditório do Colégio Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa da ABACO, em São Paulo.

Importantes temas foram discutidos com o objetivo de promover a Medicina Chinesa em toda a América do Sul a partir do Brasil. O Brasil passa a ser o referencial para a América do Sul em Medicina Chinesa, fortalecendo a Cultura Tradicional e a Disseminação da Crença em uma Civilização Ecológica em prol da vida e da saúde da humanidade.

A Presidente Dilma Rousseff tem firmado vários acordos com a China em diversas áreas e o Ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva já tinha promulgado, por Decreto-Lei, a Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Imaterial da Humanidade na qual a Acupuntura e Moxabustão da Medicina Tradicional Chinesa estão contempladas. Por este motivo é de suma importância a Regulamentação dessas práticas no Brasil para fortalecer o intercâmbio China-Brasil na área comercial de produtos farmacêuticos e fitofármacos, dentre outros produtos.

O intercâmbio acadêmico e cultural entre os dois países do BRICS é de importância crucial para alavancar o desenvolvimento da MTC na América do Sul. Várias parcerias universitárias poderão ser firmadas para atingir o escopo do Fórum: A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DA CULTURA TRADICIONAL DA HUMANIDADE.


• DISCURSO DO PROF. HUANG JIANYIN NO 2º BRICS (CHINA-BRASIL) FÓRUM DAS ORGANIZAÇÕES DE MEDICINA TRADICIONAL DE INTERCÂMBIO, COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO E 4º FÓRUM INTERNACIONAL DE COMÉRCIO EM MATÉRIA MÉDICA REGIONAL GENUÍNA.

Prezados Prof. Sohaku Bastos, Prof. Liu Chih Ming, Prof. Yip Fu Kwan, especialistas, convidados ilustres, senhoras e senhores,

Hoje, nós estamos promovendo o 2º BRICS (China-Brasil) Fórum das Organizações de Medicina Tradicional de Intercâmbio, Cooperação e Desenvolvimento e o 4º Fórum Internacional de Comércio em Máteria Médica (Farmacopéia) Regional Genuína promovidos pela Federação Mundial das Sociedades de Medicina Chinesa (WFCMS) e Associação Médica Chinesa de Material Farmacêutico (CMPMA).

Em primeiro lugar, em nome do organizador da União do Comércio Internacional de Matéria Médica (Farmacopéia) Regional Genuína (TUGRMM), gostaria de dar minha calorosa recepção aos especialistas e representantes de sociedades e institutos de Medicina Chinesa no Brasil, e expressar fortemente minha elevada e especial estima ao Colégio Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa (ABACO/CBA) de São Paulo, que está dando um grande apoio para a organização bem sucedida deste Fórum.

Como dois importantes países do BRICS, o Brasil e a China têm interesse comum no desenvolvimento da medicina tradicional. O Brasil é rico em recursos de plantas medicinais e possui biodiversidade.

Os abundantes recursos em Farmacopéia Regional Genuína do Brasil fornecem uma boa base material para a cooperação no campo da Medicina Tradicional. Desde a sua introdução no Brasil, a Medicina Chinesa e a Acupuntura sempre foram recebidas de maneira favorável e confiável pelo governo e pelo povo brasileiro.

As autoridades de saúde do Brasil também tiveram uma atitude inclusiva para a terapia da Acupuntura. A Medicina Chinesa e a Acupuntura têm tido um desenvolvimento contínuo no Brasil.

Sabe-se que há cerca de 50.000 acupunturistas no Brasil, sendo 20.000 em São Paulo, mas a sociedade ainda tem uma grande procura.
Com o crescente interesse e a confiança do povo brasileiro na cultura da Medicina Tradicional Chinesa, cada vez mais brasileiros estão ansiosos para conhecer melhor a Medicina Chinesa e a Acupuntura.

O ex-presidente brasileiro Luís Inácio Lula da Silva disse uma vez: "Como povo brasileiro, nós aprendemos a respeitar e entender a importância desta Medicina, e aprendemos que esta Medicina é benéfica para a saúde do nosso povo", e ele espera que a Medicina Chinesa e Acupuntura possam ser promovidas e divulgadas no Brasil para promover a qualidade da saúde dos brasileiros.

Nesta oportunidade, por favor, permitam-me apresentar brevemente a União de Comércio Internacional de Matéria Médica (Farmacopéia) Regional Genuína (TUGRMM). A TUGRMM é uma união iniciada pela Federação Mundial das Sociedades de Medicina Chinesa (WFCMS), pela Associação Médica Chinesa de Material Farmacêutico (CMPMA) e pelo Fundo Natural Mundial/TRAFFIC.

A TUGRMM tem como objetivo difundir a cultura da Medicina Tradicional, ampliar o Comércio da Medicina Tradicional e promover a construção da civilização ecológica. O Fórum de Comércio Internacional de Matéria Médica (Farmacopéia) Regional Genuína é uma plataforma de intercâmbio e cooperação da TUGRMM.

Nós podemos recrutar membros, promover intercâmbios entre os membros, realizar atividades de comércio, difundir a cultura tradicional, defender a proteção ecológica e ambiental e promover a construção da civilização ecológica.
A Federação Mundial das Sociedades de Medicina Chinesa (WFCMS), a Associação Médica Chinesa de Materiais Farmacêuticos (CMPMA) e a União do Comércio Internacional de Matéria Médica (Farmacopéia) Regional Genuína (TUGRMM) são dedicadas a promover o intercâmbio e a cooperação internacional da Medicina Chinesa. Estamos dispostos a cooperar com as instituições de ensino de Medicina Chinesa, as sociedades de Medicina Chinesa, empresas e outros institutos de Medicina Chinesa para impulsionar o desenvolvimento da cultura da Medicina Tradicional e deixar a Medicina Tradicional servir melhor a saúde do povo brasileiro.

São Paulo, 29 de abril de 2013

PROF. HUANG JIANYIN 
- Vice-Secretário Geral da Federação Mundial das Sociedades de Medicina Chinesa (WFCMS);
- Secretário-Geral da União do Comércio Internacional de Matéria Medica (Farmacopeia) Regional Genuína (TUGRMM).


Voltar para eventos

 
ABACO - CBA | Colégio Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa • abaco@abacocba.org.br • Tel: (21) 2547-1795